Batayporã implanta Programa Agrinho nas escolas municipais

Foto: Divulgação PMB

Os estudantes da rede municipal terão na grade escolar o Programa Agrinho. Isso porque a Prefeitura de Batayporã, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, aderiu o programa de responsabilidade social do Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) e Senar/MS (Serviço de Aprendizagem Rural).

O Agrinho visa incentivar a prática pedagógica por meio de projetos que contemplem a construção do conhecimento, proporcionando a inserção de temas transversais propostos nos PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) estabelecidos pelo Ministério da Educação: Ética, Pluralidade Cultural, Meio Ambiente, Trabalho e Consumo, Saúde, Orientação Sexual e Temas Locais, com foco na sustentabilidade, valores e conexão campo-cidade.

Nesta segunda-feira (20), o prefeito Jorge Takahashi, acompanhado da secretária de Educação e Cultura, Claudia Ibrahim; da assessora pedagógica Cláudia Amorim e do presidente do Sindicato Rural de Batayporã, Altamir Ramos, participou do lançamento do Programa Agrinho 2017.

Desenvolvido em Mato Grosso do Sul desde 2014, a edição deste ano do projeto tem como tema “Cultivando saúde, colhendo qualidade de vida”.

Realizado na sede do Sistema Famasul, o evento contou com a presença de mais de 700 pessoas dos 58 municípios participantes da iniciativa. Além do presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito; presidente da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), João Martins; secretário executivo do Senar Brasil, Daniel Carrara e do diretor executivo de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Ladislau Martin Neto.

A secretária Claudia explicou que o programa é voltado a estudantes de escolas públicas e foi apresentado pelo presidente do Sindicato Rural. “Altamir nos apresentou o programa e a gestão municipal entendendo a relevância para o currículo escolar das crianças fez a adesão, já que é uma complementação de atividades de aprendizagem”, salientou.

Para a Secretária, o programa só vem agregar ferramentas para o professor desenvolver projetos em sala de aula com seus alunos.

“É importante que desde cedo as crianças sejam orientadas sobre diversas temáticas que contribuem no seu desenvolvimento social e educacional. A inserção do Agrinho nas escolas do nosso município será um marco para a educação de Batayporã”, sublinhou o prefeito Takahashi.

A iniciativa conta com a parceria do Governo do Estado por meio das secretarias de Estado de Educação SED, SEMADE (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), SEPAF (Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar) e da FCMS (Fundação de Cultura), além das prefeituras por intermédio das secretarias municipais de educação.

*  Assessoria de Comunicação PMB

 

Comentários

comentários

Link curto:

Você precisa estar conectado para comentar a notícia Conectar